• Feedback: uma ferramenta importante

    Talvez nenhuma tarefa seja tão árdua, no meio dos negócios, quanto dar um Feedback. Seja pela inexperiência na área (não existe um curso específico para isso) ou por traços específicos da personalidade de cada um, é sempre complicado apontar as falhas dos seus colegas de trabalho, especialmente se eles estiverem acima de você na hierarquia da empresa.

    A verdade, porém, permanece: escutar críticas é fundamental para o crescimento profissional. E se você tem facilidade em escutar críticas sem se chatear, saiba que certamente tem também uma melhor capacidade de criticar sem machucar.

    QUANDO O FEEDBACK ATRAPALHA

    Usar o tom acusatório em seu comentário é um grande erro que você pode cometer ao dar um Feedback. Aqui não falamos sobre gritar, ou mesmo usar palavras fortes. Basta começar a frase com um “você fez…” para, automaticamente, gerar uma resistência ma parte de quem está ouvindo. Uma forma simples de contornar esse problema é inverter a lógica da construção da sua frase. No lugar de “você me prejudicou”, tente dizer “me senti prejudicado”. Seu ouvinte com certeza desarmará seu sistema de defesa natural.

    Evite também suposições com tom de verdade. Use termos como “me ocorreu mais de uma vez…” para deixar claro que sua opinião vem de sua percepção, e não representa a imposição de um fato ou situação.

    Feedback por e-mail, nem pensar! Privilegie o feedback presencial, ou por telefone. Deixa claro que se trata de um Feedback com objetivo construtivo, e esteja aberto a ouvir também. Desta forma, reduzimos o tom impositivo das críticas.

    Tão importante quando a forma, é também escolher o momento adequado para o Feedback. Evite conversas de cabeça quente. Racionalize a situação, e atenha-se a criticar aquilo que possa ser melhorado na pessoa.

    Por fim, o pior dos problemas ao se dar um Feedback: ser genérico demais. Muitas vezes fazemos rodeios, ou mesmo evitamos focar no que deve ter a atenção neste momento, pelos mais diversos motivos. Seja por vergonha, medo da reação, ou simplesmente por achar não ser necessário, acabamos dando um Feedback do tipo “seu comportamento, no geral, deve ser revisto”. Atenha-se ao que você quer destacar, e aborde de forma profissional o assunto.

    Respeitando essas regrinhas básicas, com certeza você terá um desempenho muito melhor em seu Feedback, e sua equipe terá um desempenho muito melhor profissionalmente.

    Comentários

    comentários